segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Anfíbios (I) - Ápodes

A palavra apode vem do grego ápodosa quer dizer 'ausência' e podos quer dizer 'pés', ou seja, ausência de pés. Os ápodes são animais anfíbios que possui corpo vermiforme, que é dividido em anéis e não tem membros. A cobra-cega é o animal que pertenci ao grupo apode que é o mais conhecido entre eles. Possui também o corpo cilíndrico e comprido, e algumas espécies possuem escamas. Pertencem a ordem dos Anfíbios e pode ser classificado junto com os anuro (rãs, pererecas e sapos) e os urodelos (salamandras e tritões).
cobra-cega cecília
 
Cobra-cega cecília: As cobras-cegas cecílias são anfíbios, vermiformes, que não têm membros e que vivem enterradas. Em decorrência, seus olhos são muito pequenos e usam receptores químicos para detectar suas presas. Podem ser aquáticas ou terrestres, mas todas respiram através de pulmões. Alimentam-se de presas alongadas como minhocas, vermes, larvas de insetos e provavelmente também de peixes pequenos. As cecílias são encontradas em regiões tropicais. No Brasil existem espécies aquáticas na Amazônia e trrestres por grande parte do território. São difíceis de encontrar, pois vivem em locais úmidos, enterradas no solo. Os machos desse grupo possuem um órgão reprodutor chamado de falodeu, assim a fecundação nas cecílias é interna. Algumas espécies são ovíparas e outras vivíparas, no caso das ovíparas as fêmeas cuidam dos ovos até o nascimento. 
Dados das cobras-cegas cecílias:
inglês: blind snake
nome científico: Amphisbaena alba
localização: América do Sul, África e sudeste Asiático

Nenhum comentário:

Postar um comentário